Saiba
Vale a pena comprar um Pulse? Confira as críticas ao novo SUV da Fiat
Confira os detalhes do novo Fiat Pulse e veja também o que alguns motoristas falam do carro. Um dos pontos negativos está no consumo, enquanto a potência foi elogiada.

Publicado em 17/01/2022 16:11 - Atualizado em 17/01/2022 16:11

Foto/Reprodução


Do Capitalist - O lançamento do SUV compacto da Fiat ocorreu há pouco mais de um mês. O Fiat Pulse foi apresentado e enviado às concessionárias do Brasil. Com proposta de ótimo custo benefícios, alguns consumidores desconfiam da promessa. Afinal, será que o Pulse é tudo isso mesmo?

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

300 x 300

Fiat Pulse é bom?

Após passar por vários episódios de adiamento, o Pulse teve diversos detalhes divulgados aos poucos.

Sua primeira aparição foi durante a edição 2021 do reality show Big Brother Brasil. Na final do programa o SUV foi mostrado para todos os brasileiros.

O carro é o primeiro SUV compacto da Fiat e tem valores entre R$ 79.990 e R$ 115.990. Com visual imponente, segue a mesma linha do novo design da Fiat, usado no Cronos, na Strada e no Argo. Ou seja, no visual, tudo certo, o carro realmente é bonito e impressiona.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Quanto tempo demora para saber se fui multado? Tire suas dúvidas

Porém, uma das críticas feitas é a de que o carro tem pouco diferencial a oferecer. Afinal, seu design lembra muito ao de um Fiat Arg maior. Aliás, internamente, a semelhança é muito grande mesmo. Porém, seria injustiça dizer que isso é um ponto ruim, apenas não é surpreendente.

O que pode desapontar alguns é a falta de percepção de espaço interno maior. O porta malas possui 370 litros e está em um tamanho aceitável, ainda não seja muito a mais que o Argo.

Detalhes

O Pulse conta com faróis Full LED, incluindo LED nas lanternas traseiras. O volante lembra bastante o do Jeep Compass e tem mais esportividade.

A central multimídia flutuante acompanha uma Tela de 10,1 polegadas. A Fiat anunciou que o carro vem com recursos de assistentes virtuais, como Google Assistant e Amazon Alexa.

Além disso, as ferramentas tecnológicas oferecem opções de navegação, manutenção e segurança. O Pulse também contará com partida remota e ar-condicionado digital.

12 coisas antigas que você pode ter em casa e que valem muito dinheiro

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Ao todo, são oferecidas cinco versões do SUV compacto da Fiat:

  • Drive MT – R$ 79.990;
  • Drive AT – R$ 89.990;
  • Drive Turbo 200 AT – R$ 98.990;
  • Audace Turbo 200 AT – R$ 107.990; e
  • Impetus Turbo 200 AT – R$ 115.990.

Edição topo de linha

A edição Impetus do Pulse Audace T200 deve ser a mais completa, claro, também a mais cara de todas.

Ela vem com motor 1.0 turbo, que produz 20,4 kgfm de torque e 130 cv de potência. Ou seja, a força é basicamente a mesma do concorrente Volkswagen Nivus. Além disso, o Pulse deve ser o 1.0 mais potente do Brasil.

O conjunto de transmissão deste modelo é automático CVT, que simula sete marchas. É possível realizar as trocas de modo manual, pelas aletas do volante. Além disso, o motorista pode ativar o modo sport, para dar mais controle na direção.

Consumo

Talvez este seja o ponto mais sensível de críticas até o momento. Em algumas análises feitas informalmente, o Pulse atingiu o baixo índice de quase 7 km/l com etano, na cidade. O número é inferior aos 8,5 km/l apontados pelo Inmetro no motor GSE 1.0 Turbo. Na estrada, porém, o consumo de etanol é menor que o do Inmetro. O pulse consegue fazer 11 km/l (diferente dos 10,2 km/l oficiais).

Sobre a potência, o veículo não deixa nada a desejar. Pelo contrário, o Pulse realmente cumpre o que promete em ter a pretensão de se tornar o 1.0 mais potente.


COMPARTILHAR NO WHATSAPP