Confira
Shopee e AliExpress: Saiba o que fazer para não ser taxado pelas compras
Ambas as plataformas são bem parecidas, e o grande diferencial delas é a oferta enorme de produtos com preços muito competitivos em relação a outros marketplaces

Publicado em 01/12/2021 09:03 - Atualizado em 01/12/2021 09:03

Foto/Reprodução


Do Financeone - Vai aproveitar as festas de final de ano para fazer compras em sites como Shopee e AliExpress? Mas você sabe o que fazer para não ser taxado pelas compras? Esses gigantes da internet têm ampliado sua estrutura no Brasil e garantido frete grátis para uma parcela maior das vendas.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

300 x 300

Talvez por isso, de acordo com estudo, divulgado neste ano, pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC) revela que 54% dos entrevistados já compraram tanto no AliExpress, quanto no Shopee.

Ambas as plataformas são bem parecidas, e o grande diferencial delas é a oferta enorme de produtos com preços muito competitivos em relação a outros marketplaces.

Contudo, algumas desvantagens, entretanto, ainda têm dificultado a adesão de muitos consumidores brasileiros.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Conheça 5 cartões sem anuidade mais fáceis de aprovar

Dúvidas sobre a qualidade dos produtos, conversão dos valores em dólares, pagamentos adicionais de impostos ao receber os produtos e, principalmente, prazos de entrega longos que em alguns casos pode chegar a meses.

No Reclame Aqui, por exemplo, ambas as empresas possuem uma avaliação semelhante, mostrando o nível de igualdade entre elas.

O Aliexpress tem uma avaliação de 6,4/10, resolvendo 61,8% dos problemas registrados. Já a Shopee possui uma avaliação de 6,2/10 e resolve 60,8% das reclamações feitas.

Mas afinal de contas, qual é o melhor: Shopee ou Aliexpress? Como não ser taxado pelas compras? Confira no artigo!

Qual o prazo de entrega?

Antes de explicarmos como não ser taxado pelas compras, primeiro vamos falar sobre um ponto importante nesses sites: o tempo de entrega.

Shopee, em termos de logística, realiza a entrega de produtos de vendedores nacionais que possuem estoque em território brasileiro de forma rápida.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Score de crédito: o que é e como usá-lo para aumentar seu limite e conseguir os melhores cartões

Caso essa seja a situação, uma transportadora brasileira realiza a entrega do produto, dependendo da distância, a entrega pode demorar alguns dias úteis ou um pouco mais de uma semana.

Mas uma outra possibilidade é realizar a compra de algum produto de uma loja do exterior na Shopee.

Embora o frete possa acabar sendo grátis, a demora pode ser muito maior. É normal que o prazo médio seja de 14 a 31 dias, mas podendo chegar até mesmo depois disso.

Já a Aliexpress possui armazéns posicionados em território nacional com produtos de maior demanda, dessa forma a entrega acontece de forma mais rápida.

Nesse caso, a entrega pode levar alguns dias úteis, mas também irá depender de onde você mora e da distância dos centro de distribuição de produtos.

Se tratando de compras internacionais, a Aliexpress garante a entrega em até 30 dias, contudo, com frete pago. Dependendo do desembargo na alfândega, esse prazo pode ser menor, tanto na Shopee como na Aliexpress.

Como não ser taxado no Shopee ou Aliexpress?

A primeira coisa que você deve saber para não ser taxado pelas compras na internet é: avaliar o tamanho dos pacotes. Afinal, pacotes muito grandes geralmente são taxados.

Entretanto, o comprador deve avaliar se vale apena fracionar demais sua compra. Afinal, neste caso ele provavelmente não pagará imposto, mas pagará um valor de frete que é superior ao valor que pagaria de impostos.

Assim como grandes e pesadas caixas, aquelas que possuem logos de marcas famosas chamam bastante a atenção, aumentando as chances de serem tributadas.

Ao comprar um produto, peça para que ele seja enviado em uma caixa simples, sem logotipos. Converse com o redirecionador e solicite o serviço de reembalagem: é simples e você pode escapar de ser taxado.

Outro ponto importante é: dê preferência se possível para comprar em datas de grande apelo para o consumo mundial, como Natal, Black Friday, Dia das Crianças e entre outras.

O motivo é simples: a Receita Federal não tem servidores suficientes para taxar algum produto em específico pela quantidade volumosa de produtos. Então fique atento a elas e não deixe essa oportunidade escapar!

Por fim, fique atento ao frete. A compra exige muitas vezes uma entrega na data certa, no entanto, para uma compra online, é preciso alguma estratégia para saber comprar.

Estes fretes especiais como os Priority são sempre taxados por colocarem o produto em prioridade de entrega, pois isso, adivinhe, chama a atenção da alfândega. Ao lugar desses, prefira sempre os fretes Economy ou Express.

E, claro, tente não gastar mais do que 50 dólares.


COMPARTILHAR NO WHATSAPP