Entenda
Uber Eats vai deixar de fazer entregas de restaurantes a partir de 8 de março; Saiba
Empresa anunciou que aplicativo vai focar na entrega de itens de supermercados e conveniências; modalidade de pagamento em dinheiro fica indisponível a partir desta quinta (6)

Publicado em 06/01/2022 16:21 - Atualizado em 06/01/2022 16:21

Foto/Reprodução


Uber anunciou, nesta quinta-feira (6), que o aplicativo Uber Eats vai deixar de fazer entregas de restaurantes a partir do dia 8 de março. “Nosso principal objetivo daqui para frente será oferecer acesso à seleção de supermercados, lojas especializadas, pet shops, floriculturas, lojas de bebidas e outros artigos no aplicativo”, informou a empresa em nota.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

300 x 300

A partir desta quinta (6), a modalidade de pagamento em dinheiro já está indisponível no Uber Eats.

“Todos os usuários conseguirão continuar fazendo pedidos até 7 de Março, porém apenas por meios digitais como cartão de crédito e débito e PIX”, informou a empresa.

Lembra-se da nota de R$ 10 de plástico? Esse é o valor que ela vale hoje

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

A Uber afirmou que a decisão foi tomada para concentrar esforços na parceria com a startup chilena Cornershop para entrega de itens de conveniência e mercado.

Em outubro de 2019, a Uber comprou participação majoritária da Cornershop e integrou os pedidos de supermercado ao aplicativo do Uber Eats.

No Brasil, a Cornershop opera desde janeiro desde 2020. Atualmente, o serviço está disponível na seguinte lista de cidades: regiões metropolitanas de Aracaju, Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Campo Grande, Cuiabá, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, João Pessoa, Jundiaí, Macaé, Maceió, Manaus, Natal, Novo Hamburgo, Piracicaba, Porto Alegre, Presidente Prudente, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, Sorocaba, Taubaté, Uberlândia e Vitória.

A empresa afirma que espera expandir a lista de cidades ao longo de 2022.

Para os locais que entregavam apenas através do Uber Eats, a empresa afirma que está “oferecendo todo o suporte aos restaurantes durante esse período de mudanças”.

Conheça 5 aplicações indicadas para investidores iniciantes

“Mas a eventual escolha de utilização de outro app de delivery é do próprio restaurante, portanto, nossa recomendação é entrar em contato direto com o mesmo”, complementa a Uber.

- CONTINUE DEPOIS DA PUBLICIDADE -

Os usuários que possuem créditos ou promoções no aplicativo para utilização em restaurantes poderão utilizá-los até o dia 7 de março.

Após essa data, os créditos serão enviados para a “Uber Wallet”, onde podem ser utilizados nos outros serviços da empresa.

Da CNN


COMPARTILHAR NO WHATSAPP